Questão:
Como você define a potência de um flash no modo manual?
jfklein13
2010-08-21 02:35:18 UTC
view on stackexchange narkive permalink

Como você calcula a fração de potência do flash, supondo que você deseja manter constantes as outras variáveis ​​de ISO, abertura e distância do assunto ao flash?

A fórmula do número guia para um flash (estroboscópio) isGN = distância * f-stop

Digamos que o número guia seja 174 em ISO 200. Você deseja atirar em f / 8. Isso dá uma distância de d = 174/8 = 21,75 pés

Agora, digamos que você esteja filmando em uma sala que não tem muito espaço para brincar.

Mas você sabe que pode mover o flash a 3 metros de distância.

Qual fração de potência você usa?

É linear, por exemplo 21,75 / 10 = 2,175, então use 1/2? Ou algo mais?

Os números neste exemplo são para a câmera Nikon SB-800 e uma câmera Nikon D90, mas o princípio é provavelmente o mesmo.

GN não dobra quando o ISO dobra, ele aumenta por um fator de √2 (lei do inverso do quadrado novamente), então seu GN seria 272 nesta situação.
Obrigado Matt. Editar: Número de guia corrigido para o que é publicado para o SB-800 em ISO 200, números alterados no exemplo para torná-lo mais fácil de seguir.
Quatro respostas:
#1
+4
BillN
2010-08-21 02:45:52 UTC
view on stackexchange narkive permalink

Não é linear, é um quadrado, portanto, se você dobrar a distância, precisará de 4 vezes a luz. Portanto, em seu exemplo, você precisaria de 1/4 da potência ou ajustaria a abertura e / ou ISO.

Aha! Isso pode explicar algumas surpresas nas sessões de filmagem recentes. Portanto, na forma fechada, a fração da potência é (d / (gn / f)) ^ 2?
Sim esta correto. Quadrado da relação entre a distância real e a distância guia. (Embora veja minha nota sobre a BN anexada à pergunta.)
Ir de 20 'a 10' de distância do flash aumentaria a exposição em x4 (2 pontos). 2 pontos a menos que a potência total do flash seria 1/4 (2x2 = 4). 1/16 é 4 pontos a menos (2x2x2x2 = 16), ou o que seria necessário no exemplo acima se o flash fosse movido para 5 'do assunto.
@Henry - Apenas para esclarecer o aparente erro aqui; o exemplo mudou de 40 pés iniciais para os atuais 20ish depois que essa resposta foi escrita. Estava correto na época. (E vou corrigi-lo agora, uma vez que BillN pode não ter notado a mudança)
#2
+4
John Cavan
2010-08-21 03:36:49 UTC
view on stackexchange narkive permalink

A luz cai de acordo com a lei do inverso do quadrado. Basicamente, tudo se resume a esta equação:

I ~ 1 / r 2

Onde I é a intensidade e r é o raio (que é a distância do sujeito para nós) e ~ significa 'aproximadamente igual'. De qualquer forma, alguns bons artigos sobre o assunto podem ser encontrados em Cambridge in Color e em Portrait Lighting.

#3
+2
matt burns
2010-08-25 23:01:20 UTC
view on stackexchange narkive permalink

Pessoalmente, acho que tiro uma foto, olhe meu histograma e ajuste conforme necessário. Só acho que é mais rápido e menos complicado para meu pobre cérebro. Também me dá mais poder cerebral para continuar falando sobre o assunto.

Absolutamente! Não pretendo ficar computando isso o tempo todo. Meu motivo original para perguntar era para comprar luzes. Eu queria ver algumas tabelas que mostrassem qual configuração de potência em uma determinada luz seria necessária para uma determinada abertura e distância do objeto. Essa discussão ajudou tremendamente.
#4
+1
NickM
2010-08-21 12:35:43 UTC
view on stackexchange narkive permalink

Se você tem um iPhone ou iPod Touch, poderia fazer pior do que pegar uma cópia do PhotoCalc - um ótimo software que, entre outras coisas (calculadora DoF, horários do nascer e pôr do sol), fará exatamente isso por você!



Estas perguntas e respostas foram traduzidas automaticamente do idioma inglês.O conteúdo original está disponível em stackexchange, que agradecemos pela licença cc by-sa 2.0 sob a qual é distribuído.
Loading...